Sonoridade e textura em A Caixa de Música de Paula Schwartz


Arquiteta assina ambiente que promete experiências sensoriais na Casa Cor RS 2018



O diálogo entre texturas e sonoridade compõe A Caixa de Música, projeto assinado pela arquiteta Paula Schwartz na Casa Cor RS 2018. Inspirado nas salas de concerto, a fluidez da música une-se aos detalhes da arquitetura nos 50m² do ambiente, que promete proporcionar distintas experiências sensoriais. 
A vista pelo lado de fora já é uma surpresa. O espaço é envolto por grandes jardins verticais, que além de chamarem a atenção esteticamente, auxiliam no projeto acústico do local. A fachada foi executada com módulos contínuos de cerâmica e irrigação automatizada. 
Com a predominância de linhas retas e tons claros, o ambiente tem o imponente piano preto como o centro das atenções. O Disklavier Enspire é a evolução perfeita do instrumento ao combinar tradição e inovação, com alta tecnologia para tocar e gravar com maestria o desempenho do pianista. Os tons amadeirados dos painéis de marcenaria e do piso vinílico trazem o conforto para o espaço que representa a área de palco. 
O living recebe uma base neutra com painéis em tom pérola e o branco intenso e predominante de todo o mobiliário. As peças soltas da coleção AWA Design, da Florense, dão a ideia de mobilidade e transformação ao espaço, além de carregarem a beleza do traço de nomes como Lattoog Design e Rejane Carvalho Leite. "A minha conexão direta com a música tornou esse projeto ainda mais especial. Gosto de mesclar elementos que carregam uma história, então uni peças de design com poltronas antigas de cinema, recolhidas em um antiquário, por exemplo", conta a arquiteta. 
Grandes quadrados suspensos com propriedades acústicas proporcionam conforto sonoro, além de manterem a leveza ao remeterem a nuvens. Da mesma forma, os blocos auxiliam na iluminação, juntamente com as barras fixadas nos painéis, que dão destaque a obras de arte pontuais e marcantes de Hidalgo Adams e Bianca Santini. Além disso, luminárias de pé iluminam indiretamente o piano e o living. 

Fornecedores
Florense, Espaço do Piso, Duratex, Jasmin Tapetes, Vértice Iluminação, Yamaha, A Loja de Pianos, Andrea Feine, Ecogreen, Selbach Esquadrias, Portobello Shop Moinhos, Hunter Douglas, Montalsul, Casa Bonita. 

Peças de design e arte:
Coleção AWA Design: Mesa de Apoio Rail, de Lattoog Design; Mesa de Centro Chu, por Rejane Carvalho Leite; Mancebo Lurch, de Rejane Carvalho Leite; Puff Frame, assinado por Lattoog Design. Escultura de Hidalgo Adams; Telas de Bianca Santini; Foto em Homenagem aos 160 anos do Theatro São Pedro de Flavio Wilde.


#caixademusica
@paulaschwartzarquitetura

*Fotos Vini Dalla Rosa

Natureza integra suíte assinada por Karen Feldman na Casa Cor RS


Refúgio a Dois by Karsten exala sofisticação e conforto em ambiente minimalista



Um ambiente íntimo, relaxante e sofisticado é a proposta do Refúgio a Dois by Karsten, assinado pela arquiteta Karen Feldman na Casa Cor RS 2018. A suíte permite a conexão com a natureza e explora materiais nobres em um projeto minimalista, onde o design autoral e a arte são protagonistas. 
Em sua estreia na Casa Cor, a arquiteta propõe um projeto com linhas retas que vai além de uma suíte, sendo assim um refúgio para o casal. Painéis em madeira nas paredes e no teto resultam no aconchego necessário para um dormitório e, junto com a suavidade do carpete, quebram a frieza da rocha natural abundante no espaço. O mármore Caravaggio reveste com muito luxo toda a área de banho, que permite o relaxamento máximo em uma moderna banheira, além de proporcionar a individualidade ao casal no uso do mesmo espaço, em uma bancada com duas cubas, espaço com dois chuveiros e dois vasos sanitários. 
O grande destaque está em uma ampla janela que emoldura o jardim e traz a natureza para dentro do espaço, a fim de desacelerar o ritmo de uma grande cidade. Os espelhos refletem o verde para diferentes pontos da suíte de 46m². Os tons neutros predominantes no projeto contrastam com tonalidades marcantes como o rosa glamour do closet e a cor vinho do veludo que veste a poltrona Natuzzi Editions, assinada por Claudio Bellini.
A iluminação intimista confere o conforto necessário para o ambiente, além de destacar peças de design nacional, como o banco Porva, de Inês Schertel; o banco Mocho, de Sergio Rodrigues; os bilhetes de porcelana de Carolina Peraco que tratam sobre relacionamentos atuais, além de obras de arte de Xico Stokinger, Ado Malagoli e Sonia Ebling.

Fornecedores:
Paisagismo – Arquiteta e paisagista Kucha Saatkamp
Roupa de cama e banho – Karsten
Tecido parede – Karsten
Mármore Caravaggio – fornecedor Qualitá Sul, com execução de Donadello
Painéis de madeira – Duratex
Carpete – Espaço do Piso
Cama – Vivar
Marcenaria – Idealiza Móveis
Vidros – SC vidros
Iluminação técnica – Luminare
Iluminação decorativa – Luzes do Mundo
Vaso – Maiora
Banco Mocho – Designer Sergio Rodrigues – Maiora
Criado-mudo de acrílico – Idea Design
Pufes - Idea Design
Poltrona Natuzzi – Tradesign
Persianas – Uniflex
Cabeceira – Jo Siqueira
Molduras em acrílico – Casa Bordini
Banco Porva – Designer Ines Schertel – Casa Bordini
Cabideiro – Casa Bordini
Vidros perfume - Casa Bordini
Esculturas Hipopótamos – artista Sonia Ebling – acervo pessoal
Escultura Xico Stokinger – acervo pessoal
Quadro atrás poltrona – desenho Xico Stokinger
Quadro acima da cama – desenho de Ado Malagoli
Manta de corda acima da cama – loja Dpot (SP)
Cesto no banheiro em corda cinza – Designer Nicole Tomazi
Almofadas – Manjabosco Decor

 *Foto Vini Dalla Rosa
@karenfeldmanarquitetura
#refugioadois

Arquitetura destaca a arte no Living da Figueira


Amanda Kreling e Daniel Moraes selecionaram na Europa obras de Miró e Picasso para Casa Cor RS 2018




O Living da Figueira, ambiente assinado pelos arquitetos Amanda Fratin Kreling e Daniel Moraes na Casa Cor RS 2018, une arquitetura e arte em um amplo espaço de 160m². Minimalista e sofisticado, o projeto tem traços retos e tons claros, que destacam as obras de arte de ícones como Miró, Picasso, Diego Pujal, Victor Vasarely, Burle Marx e Eduardo Marco, selecionadas cuidadosamente na Europa.
A minuciosa escolha de acabamentos elegantes e naturais trouxe personalidade refinada ao local. Composto por hall, estar, lavabo e varanda, o espaço conta com o piso e o forro de ipê originais do empreendimento, que foram restaurados e receberam o complemento da fina marcenaria de ripas de madeira natural. Grandes placas de quartzito Bianco Marino polido foram usadas no revestimento da parede e na lareira à álcool. A mesma rocha de acabamento escovado foi usada no degrau que conecta o hall e o estar. Convidando ao toque, a parede que abriga a vibrante obra de Diego Pujal recebe revestimento de veludo alemão cinza, destacando o pé direito duplo e trazendo ainda mais sofisticação ao espaço.
"Há uma valorização da arte e de elementos orgânicos nas formas, nos materiais e na composição de detalhes do ambiente, cujo resultado converge distinção estética, com conforto", ressalta Amanda. 
O traçado minimalista ganha alma contemporânea por meio, também, de peças de design assinado: poltrona Burle Marx por Lattoog  Design; poltrona Tikal assinada por Rejane Carvalho Leite e castiçais da coleção Ooh Gio, de Giovanni Wines.
 Como uma extensão do living, a varanda segue o conceito minimalista, assim como recebe a continuidade do piso de madeira nobre da área interna. Os móveis claros harmonizam com a lareira ecológica desenhada pelo escritório e recebem a cobertura de um alpendre sofisticado. A vegetação e a iluminação cuidadosamente instaladas garantem conforto e aconchego, complementados por um brise automatizado e pelo peitoril de vidro com aço inox.
No lavabo, o destaque é o papel de parede exclusivo, produzido sob medida para o espaço. A textura reproduz uma fotografia da Amazônia captada pelo brasileiro radicado em Madri, Eduardo Marco.




Fornecedores:
Mundial Iluminação
Scremmy – cortinas e brise Hunter Douglas
Smart B – automação
Giovanni Wines – Designer
Housed wallpapers – papel de parede do lavabo
Qualitá Sul – quartzito Bianco Marino
AG Pétre – instalação das pedras
Basalto Santo Antônio – beneficiamento das pedras
Schuster – móveis soltos e marcenaria
Sublime móveis – painel veludo
Luiza Pilau – restauração do piso e concreto queimado do showroon
Metalurgicazol – guarda corpo de inox, queimadores de etanol e aço corten do toten do showroon
Jasmim – tapete e móveis da sacada
Galeria Zielinsky – obras de arte
Essensa e Casa Bordini – objetos de decoração
Deca – louças e metais do lavabo
Santa Luzia – Rodapés
Luis Maya – publicitário (arte panfletos)
Plantas – Garden Brasil
Molduras Santos – molduras e instalação dos quadros
Ricardo Silva e equipe – mão de obra

*Fotos Vini Dalla Rosa

Último dia de exposição inédita de Zanini de Zanine em Porto Alegre



Peças do atelier estão na Galeria Bolsa de Arte até o dia 6 de setembro

A exposição Recorte do designer Zanini de Zanine segue até esta quinta-feira, 6 de setembro, na Galeria Bolsa de Arte. A mostra, trazida com exclusividade por Simiane Gil a Porto Alegre, tem trinta e três esculturas do Atelier Zanini de Zanine desenvolvidas com madeira de demolição.
As peças únicas buscam a valorização e preservação das técnicas tradicionais do trabalho manual com madeira. Com o uso das espécies brasileiras Ipê-tabaco, Peroba, Jacarandá, Gonçalo Alves, Maçaranduba e Roxinho, o designer explora as especificidades físicas e sensoriais de cada uma delas ao destacar suas cores e texturas. A inspiração do traço na geometria e no encaixe das formas resulta na coleção que será lançada neste mês.

Exposição Recorte por Zanini de Zanine:
De 22 de agosto a 06 de setembro
Galeria Bolsa de Arte (Rua Visconde do Rio Branco, 365 - Porto Alegre/RS)
Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 10h00 às 19h00 e Sábado das 10h00 às 13h30

Sobre Zanini de Zanine
Zanini de Zanine nasceu em 1978 no Rio de Janeiro e cresceu observando o trabalho do pai, o arquiteto e designer José Zanine Caldas. Produziu seu primeiro móvel durante estágio com Sergio Rodrigues. Graduado em Desenho Industrial pela PUC-RJ, começou a produzir móveis de madeira maciça em séries limitadas ou peças exclusivas, baseando-se no uso pioneiro da madeira, legado de seu pai. Em 2005, começou a criar uma nova linha de móveis com peças produzidas industrialmente, usando além de madeira com origem controlada, materiais diversos como plástico, metacrilato, vidro, metais, cerâmicas e partes de outros produtos industrializados. Em 2011, Zanine criou Studio Zanini.
Foi nomeado designer do ano pela Maison&Objet Americas em 2015, além de receber os mais importantes prêmios do design nacional, como o IDEA Brasil e Museu da Casa Brasileira. Entre as premiações internacionais, destaque para o Design Excellence Award New Generation, em que foi o único brasileiro homenageado em 25 anos de premiação no Philadelphia Museum of Art, e o IF Design Award. O artista possui itens de suas criações nos acervos permanentes do Museu Histórico do Rio de Janeiro, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), no Museu do Design e da Moda de Lisboa (MUDE) e no Philadelphia Museum of Art.

Atelier Zanini de Zanine por Maria Cecília Loschiavo
Ipê-tabaco, Peroba, Jacarandá, Gonçalo Alves, Maçaranduba, Roxinho, espécies brasileiras, cujas madeiras de excepcional qualidade foram escolhidas por Zanini de Zanine para produzir as peças, com tiragens limitadas. O designer tirou partido das especificidades físico-químicas e sensoriais de cada uma delas. Mas há um detalhe: todas são madeiras de reúso e provenientes de demolição, incorporando, assim, a necessária dimensão da sustentabilidade a este trabalho.
As peças em madeira constituem uma das vertentes de atuação do designer, pois sua versatilidade levou-o a explorar outros materiais, transformando métodos e processos de fabricação. Mais do que um intenso e rico diálogo estético entre a vertente artesanal e a industrial, as nuances entre o atelier de madeira e o estúdio de design levam Zanini à feliz convivência de trabalhar e preservar técnicas tradicionais do trabalho manual com a madeira e, ao mesmo tempo, explorar novas ideias e materiais, numa dinâmica fértil que trouxe direcionamentos diferentes ao seu trabalho, além de destacada posição ao designer na cena contemporânea.






*Fotos Claudio Fonseca


Ambientes da Casa Cor RS mostram tendências em rochas Qualitá Sul


18 espaços da edição 2018 estão com pedras ornamentais da empresa

Distribuidora de rochas ornamentais nacionais e importadas, a Qualitá Sul está presente na Casa Cor RS 2018, que recebe convidados desde o dia 28 de julho até o dia 16 de setembro em Porto Alegre. Pedras naturais e sintéticas da marca estão em 18 projetos da 25ª edição para apresentar as tendências com o tema “Casa Viva”. A mostra acontece em seis residências no bairro Três Figueiras até o mês de setembro.
A sofisticação do branco e dos tons claros segue em alta neste ano, com presença marcante dos quartzitos Bianco Marino, Bianco Superiore e Perla Santana, além do mármore Aurora Pérola. A aparência marcante dos quartzitos Safira, com veio azulados, e Aurora Boreal, rocha multicores considerada uma obra de arte da natureza, são alguns dos destaques apresentados pela Qualitá Sul.  

SERVIÇO CASACOR RS 2018
QUANDO: 28 de julho a 16 de setembro de 2018
HORÁRIOS: De terça a sexta, das 15h às 20h30
Sábados e domingos, das 12h às 20h30
ONDE: Rua Carlos Huber, 222 – Bairro Três Figueiras – Porto Alegre/RS

Espaços que utilizam pedras Qualitá Sul:

Entre para Ficar | A4 Arquitetura
Mármore Dolomítico Zeus Supremo
Criado para receber amigos, o espaço tem elementos da natureza para trazer o jardim para dentro de casa e gerar conforto e bem-estar. Neste ambiente, o mármore Zeus Supremo foi usado para o revestimento da lareira e nos tampos das mesas de centro. A rocha, originária do Paraná, é um mármore dolomítico, cujas características principais são a elegância e a dureza. A pedra não tem restrições de aplicação, podendo ser usada em bancadas de cozinha, espaços gourmets, etc.
Marmoraria parceira: Painel Fidelidade


Living da Figueira | Amanda Kreling e Daniel Moraes
Quartzito Bianco Marino
O complemento da arquitetura com a arte é o ponto principal do projeto. Minimalista e sofisticado, o amplo espaço de 160m² teve uma minuciosa escolha por acabamentos elegantes e naturais. Por isso, o Bianco Marino, rocha extraída no Ceará, foi selecionada para o espaço da lareira, para revestir os painéis das paredes, assim como para os degraus da escada e para os pilares junto à porta de acesso. A principal característica do quartzito é a dureza, o que permite diversas possibilidades de uso, sem restrições de aplicação.
Marmoraria parceira: BSA



Living Habitare | Andrea Magalhães
Quartzito Bianco Superiore
O espaço une living, jantar e hall com branco, dourados e nudes, que trazem monocromia no jantar e interferência da madeira no estar, tornando o ambiente
mais acolhedor e confortável. Para complementar e trazer a nobreza para a decoração, o Bianco Superiore está presente no projeto no espaço da lareira e a continuação para o painel. O quartzito, originário da Bahia, tem tonalidade offwhite e pode ser usado polido ou escovado. É uma rocha basicamente composta por Quartzo, com forte compactação, o que a torna extremamente resistente e com baixa absorção de água.
Marmoraria parceira: BSA


Celebration Living Room | Carol e Gustavo Heck
Quartzitos Cielo e Sky Dream
O ambiente de linhas retas e tons neutros, confere elegância e conforto. Os quartzitos foram usados em uma lareira localizada no centro da sala, bem como nos rodapés e no móvel. O Cielo possui um fundo azulado e apresenta alta resistência à abrasão, por isso é ainda mais difícil de arranhar do que mármores, granitos, basaltos ou ardósias. Já o Sky Dream é uma pedra brasileira com fundo perolizado morno e veios marrons na horizontal, suas opções de acabamento são polido ou escovado.
Marmoraria parceira: Pedraria Ivoti



Ócio Natural | Daniel Wilges
Quartzito Safira
A biblioteca planejada como um espaço de conhecimento, mas também para relaxar e se desligar das tensões do dia a dia. O espaço tem como objetivo promover a cultura por meio da literatura, da música e de obras de arte e utiliza elementos naturais e rústicos na decoração. O quartzito Safira é um dos grandes destaques do ambiente. Conhecido pela sua aparência marcante, com linhas horizontais de tom azul, a rocha está em um grande painel que integra uma estante. Originária da Bahia, a pedra tem diversas possibilidades de aplicação e pode ser usada também em bancadas de cozinha e espaços gourmets, em lareiras e tampos de banheiro.
Marmoraria parceira: Pedraria Ivoti


Lounge da Casa | Fernanda Paim e Elisa Martins
Quartzito Bianco Superiore
Um espaço para convivência, aconchegante e confortável, onde os visitantes possam sentir sensações que remetam a sua casa. Em um estilo contemporâneo, leve e de linhas, o ambiente recebeu o quartzito Bianco Superiore na lareira e no balcão da bilheteria. Por ser uma pedra de tons claros e imponente, trouxe luminosidade e requinte ao espaço. Originária da Bahia, a rocha é basicamente composta por quartzo, com forte compactação, o que a torna extremamente resistente e com baixa absorção de água, ou seja, sem restrições de aplicação.
Marmoraria parceira: Pietra Nobre


Estar em Luxo | Francisco Franck
Quartzito Perla Santana
Espaço sofisticado que busca inspirar e estimular sensações. A ideia do arquiteto é surpreender, mas, ao mesmo tempo, trazer um projeto viável aos visitantes. A rocha escolhida é um quartzito translúcido originário do Ceará que tem a aparência do mármore, mas uma resistência superior ao granito, sem a preocupação com manchas, arranhões e calor. A nobreza da pedra está em uma extensa lareira, no painel e na escada, que recebe a continuidade na parede lateral aos degraus. 
Marmoraria parceira: De Carli



Varanda Urbana | Joana Deicke e Maria Manoela Bento Pereira
Quartzito Bianco Superiore
Contemporâneo e com elementos regionais que trazem aconchego, a varanda é um espaço de conexão com o ambiente externo e que convida para convívio. O Bianco Superiore foi usado na bancada da área gourmet, que conecta o ambiente de estar com a cozinha, e no nicho da parrilla e do bar. A tonalidade offwhite do quartzito traz luminosidade ao espaço e, por ser uma rocha basicamente composta por quartzo, com forte compactação, é extremamente resistente e com baixa absorção de água.
Marmoraria parceira: ML Polidora


Estúdio de Arte | Johnny Thomsen e Smart Arquitetura
Mármore Cerro Portoro
Com a valorização da arte e do design assinado, o ambiente transpira cultura. O mármore brasileiro Cerro Portoro integra o espaço com a aplicação na bancada com sua beleza diferenciada. Os veios finos e elegantes em tons dourados e brancos contrastam com o fundo predominantemente preto.
Marmoraria parceira: Ornamentto





Refúgio a Dois | Karen Feldman
Mármore Dolomítico Caravaggio
A suíte pensada para um casal jovem e moderno é um ambiente íntimo, relaxante e sofisticado. Com características minimalistas, materiais nobres foram usados para compor o espaço. O mármore está presente em toda a área de banho, com revestimento de piso e paredes, além de uma cuba esculpida na pedra. A rocha natural é reconhecida pela sua dureza, resistência e baixos índices de porosidade.
Marmoraria parceira: Donadello


Pátio da Figueira | Karina Ritter
Granito Ópera
Um Figueira centenária é o ponto central do projeto, que propõe um espaço para receber, relaxar e ser acolhido. O ambiente recebeu chapas do granito Ópera para complementar esse espetáculo da natureza, escoradas junto ao muro da Figueira, formando um openbook do material. O granito de resistência impecável, tem fundo em tons escuros com variações de preto e cinza, e veios marcantes de movimentos suaves. A rocha nacional tem como origem o estado de Minas Gerais.
Marmoraria parceira: Marmogran


Pedacinho Azul do Papel | Linea Studio
Quartzo Vulcana Stone Orange Regolare
Ambiente moderno que busca despertar a criatividade e a imaginação em um dormitório lúdico pensado para um menino de 10 anos. O quartzo Vulcana Stone Orange Regolare está presente no espaço trazendo ainda mais cor para a decoração. O quartzo é um dos minerais mais duros existentes e seu processo produtivo permite os mais diversos desenhos, cores e aplicações, tornando o material versátil e funcional.
Marmoraria parceira: ML Polidora


Suítes Brasil e La Cave Laghetto Hotéis | LT Arquitetura
Soap Stone e Quartzito Green Bamboo
Duas suítes do Hotel Laghetto Moinhos Viverone foram assinadas para a mostra. Na Suíte Brasil o verde do quartzito Green Bamboo é o destaque do ambiente. A rocha nacional foi usada na bancada do banheiro. Original do Norte do País, tem um degrade único com diferentes tons de verde. Por outro lado, a Suíte La Cave recebeu a sobriedade dos tons da Soap Stone na bancada do banheiro, no espaço da adega e na lareira. A pedra sabão é encontrada em cores que variam do cinza ao verde e convida ao toque, ao dar a sensação de ser uma rocha oleosa ou saponácea.
Marmoraria parceira: Marmoraria Pereira


Garagem Renault - Home SPA | Luiz Sentinger
Quartzito Aurora Boreal
A rocha natural com múltiplas cores promete encantar neste ambiente. O quartzito natural tem a mistura de veios em diferentes tons de verde, rosa, azul e roxo, além de ter um alto brilho. Extraída no Ceará a pedra é uma verdadeira obra de arte da natureza e muito resistente. Não há restrições de aplicações, podendo ser usada, por exemplo, em pisos, escadas, bancadas de cozinha e fachadas.
Marmoraria parceira: BSA



Espaço aconchego da Serra | Michel Keller
Mármore Aurora Pérola
O ambiente tem a rusticidade nos elementos de acabamento como contraponto da contemporaneidade do mobiliário planejado e solto. O mármore Aurora Pérola foi aplicado na bancada da cozinha e na ilha, transmitindo tranquilidade ao ambiente. A rocha com tons claros e veios bem sutis tem a suavidade nas cores da sua composição.
Marmoraria parceira: Marmosul Mármores e Granitos


Casa Compacta | Paula Lino
Quartzo Vulcana Stone Venaoro Acetinado
O loft moderno visa aproveitar a totalidade dos espaços e a luz natural. Os matérias práticos e com grande durabilidade foram as escolhas da arquiteta. Por esse motivo, o quartzo da linha MarbleQuartz, da Vulcana Stone, foi selecionado para a bancada da cozinha. Ele é a representação fiel do mármore mais clássico, com seus veios contínuos em tons de cinza escuro. Esta superfície é exclusividade da Qualitá Sul e tem como característica principal a baixa taxa de porosidade e absorção, podendo ser usada em bancadas de cozinha, lareiras ecológicas e bancadas de banheiro.
Marmoraria parceira: ML Polidora



Suíte Duvet | Rafael Kroth
Quartzito Bianco Superiore
A decoração contemporânea e com cores neutras do espaço buscam, além da beleza, conforto e funcionalidade em uma das peças mais íntimas de uma residência. O banheiro foi revestido com Bianco Superiore, as paredes e o piso, além da cuba esculpida, para dar mais sofisticação ao ambiente. O nobre quartzito nobre é originário da Bahia. Com tonalidade offwhite, é uma rocha basicamente composta por quartzo, com forte compactação, o que a torna extremamente resistente e com baixa absorção de água, sem restrição de aplicação.
Marmoraria parceira: Ornamentto


Estar Relax do Fetter e Rodaika | Rogério Pandolfo
Mármore Dolomítico Donatello
O estilo contemporâneo e monocromático, com uma leve pitada de cores vibrantes guia o Estar Relax. O ambiente dedica recantos exclusivos para o casal de comunicadores homenageados. O mármore Donatello está na lareira à álcool do estar. Mais um dos mármores oriundos da Bacia do Paraná, o Donatello apresenta movimentos que incorporam nuances de branco e variados tons de cinza. Entre as características estão a granulometria e os poros bem fechados, naturalmente sem fissuras, podendo aplica-lo em bancadas de cozinhas, espaços gourmets, lareiras e tampos de banheiros.
Marmoraria parceira: BSA


*Fotos de André Bastian